GREENPEACE REVELA ESTUDO COM MARCAS MAIS ECOLÓGICAS
7 Novembro 2018
Ver todas as notícias
GREENPEACE REVELA ESTUDO COM MARCAS MAIS ECOLÓGICAS

Depois da campanha impulsionada em 2011 pela Detox, que desafiou algumas marcas de roupa a eliminar todos os produtos químicos perigosos das produções, a Greenpeace chegou a algumas conclusões sobre a campanha. A ONG ambiental, sediada em Amesterdão, constatou que a Inditex, H&M e Benetton tem sido um exemplo no que diz respeito à desintoxicação.

Durante várias décadas as grandes empresas optaram por usar a natureza, principalmente rios e oceanos como depósito de produtos químicos potencialmente perigosos. As comunidades circundantes enfrentaram a poluição aquática e ecológica. Desde julho de 2011, a Greenpeace tem garantido compromissos de marcas internacionais e fornecedores para eliminar produtos químicos perigosos, incluindo uma ajuda para desencadear mudanças na política na Europa e na Ásia.

De acordo com a organização, a "Destination Zero – Seven Years of Detoxing the Clothiing Industry”, Adidas, C&A, Burberry, Levi’s, Mango, Primark, Nike e Valentino são outras marcas na linha da frente no que diz respeito à maior ecologia industrial. A finalidade do projeto iniciado pela Detox é eliminar por completo a utilização de químicos tóxicos até 2020 e combater a poluição.

Apesar do esforço das marcas, a regulação das entidades comunitárias são fundamentais para o cumprimento do objetivo. No relatório é evidenciado falta de legislação que ajude a cumprir o objetivo, tanto na União Europeia como nos países onde os artigos são fabricados, principalmente na Asia. A solidariedade e colaboração da indústria química é também fundamental para que disponibilize, de forma transparente, a composição de cada substância. Dessa forma soluções ecológicas e amigas do ambiente podem ser exploradas.


Topo

Comentários (0)

Faça login para efectuar um comentário

Não possui comentários. Envie o Seu !