MEDICA DIGITAL DESTACA NOVIDADES FROM PORTUGAL
16 Novembro 2020
Ver todas as notícias
MEDICA DIGITAL DESTACA NOVIDADES FROM PORTUGAL
Os produtores portugueses tinham programado uma presença de peso em Düsseldorf, mas mesmo agora limitada às plataformas digitais a Medica Trade Fair continua a ser o mais importante evento dedicado ao equipamento e vestuário de saúde para destacar as novidades do made in Portugal. Envicorte, Line For You, Pharmia, Trim NW e Wise HS são as empresas portuguesas presentes na versão Medica Digital que decorre a partir de hoje e até quinta feira, 19 de novembro, na qual estão já inscritos milhares de compradores, um pouco de todo o mundo.

"China, Japão, Coreia do Sul e Taiwan são alguns dos países com grande representação, mas também os Estados Unidos e a Alemanha. Vemos uma grande presença dos mercados que têm já uma maior disponibilidade em relação às novas tecnologias”, explica Hans Walter, representante da feira em Portugal.

Numa edição a todos os títulos excepcional, as empresas portuguesas vão apresentar novas soluções para o sector da saúde, desde equipamentos de protecção individual a peças de vestuário que podem ter um papel activo na terapia de doentes. "Apostamos na produção de máscaras e estamos a tentar entrar neste sector para de alguma forma colmatar as perdas que a pandemia está a provocar”, explica Silvina Ribeiro, representante da Envicorte, empresa especializada na confecção de vestuário e que se dedicado também à produção de máscaras reutilizáveis nível 2, certificadas pelo CITEVE para 25 lavagens.

Também a Lineforyou tem investido na produção de máscaras e equipamentos de protecção. "A nossa intenção é exportar. Trabalhamos em fardamento técnico há oito anos, mas com a Covid surgiu uma oportunidade de criarmos dispositivos médicos”, explica Pedro Morgado, co-fundador da empresa de Guimarães, que ao longo dos primeiros meses criou um catálogo com 15 artigos, entre batas, cogulas e outras peças de vestuário.

No caso da Trim NW, a aposta está na produção de TNT – Tecido Não Tecido, uma matéria-prima necessária para a produção de vestuário de protecção. "Desenvolvemos uma gama de produtos TNT impermeáveis para EPI descartáveis, tais como batas, fatos cover-all, cobre-sapatos, cogulas, etc”, explica Rui Lopes, diretor-geral da empresa, que antes trabalhava em exclusivo para o sector automotive.

A participação das PME portuguesas na Medica Virtual é uma iniciativa da Selectiva Moda e da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que tem lugar no âmbito do projeto From Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.
Topo