SECTOR TÊXTIL CRESCE NAS EXPORTAÇÕES
15 Janeiro 2019
Ver todas as notícias
SECTOR TÊXTIL CRESCE NAS EXPORTAÇÕES

Mais uma vez as exportações do sector têxtil aumentaram 2% nos primeiros 11 meses do ano comparativamente ao mesmo período no ano transato. Apesar do aumento existem algumas fragilidades, já que a conjuntura parece não estar a acompanhar.

Segundo o apuramento da INE, apoiado pelas estatísticas da ATP, Portugal exportou 4.935 milhões de euros em produtos têxteis e vestuário, que representa um crescimento de 2%. No que se refere as exportações de têxteis para lar e outros artigos têxteis confecionados o aumento relevou-se o mais significativo, na casa dos 5%. Já em relação as matérias têxteis e artigos de vestuário houve um crescimento de 1,4% e 1,2%, respetivamente.

Relativamente ao produto mais exportado, o vestuário de malha cresceu acima da média, atingindo os 61 milhões, o que traduz um crescimento de 3%. De seguida, os tecidos revestidos e os artigos para usos técnicos de matérias têxteis, aumentaram 39 milhões de euros (16%).

No que diz respeito ao destino das exportações, Itália registou o maior crescimento absoluto, com um acréscimo de 78 milhões e logo atrás surge a Holanda e a China. Por outro, a Espanha apresenta um registo de maior queda em termos absolutos e o Reino Unido também cai.

Posto isto, a balança comercial dos têxteis e vestuário nos primeiros 11 meses de 2018 teve um saldo de 965 milhões de euros, apesar das exportações portuguesas de bens terem caído 8,7% em novembro, isto porque, verificaram-se diminuições no comercio intra e extra União Europeia.

Topo

Comentários (0)

Faça login para efectuar um comentário

Não possui comentários. Envie o Seu !